Impressora 3D como funciona?

As impressoras 3D chegaram ao brasileiro e já são vistas como uma forma de lucrar, com elas é possível desenvolver qualquer objeto.

Impressora 3D preta

As impressoras 3D chegaram forte ao mercado, elas vieram para mudar totalmente a maneira como os objetos são fabricados. Sua tecnologia funciona com a adição de camadas sobrepostas, com isso ela pode criar objetos de forma direta sem usar emendas como vemos em praticamente tudo o que compramos.

Depois de descoberta, essa tecnologia já foi explorada por diversas marcas e hoje existem muitas maneiras diferentes de impressões 3D. Cada uma trabalha de forma distinta e possui os seus próprios materiais que variam de plástico até tecidos humanos ou alimentos.

Funcionamento da impressora 3D

Praticamente todas as impressoras 3D funcionam da mesma maneira, o primeiro passo é ter um software de edição de objetos em três dimensões no computador. Com a ajuda desse sistema e com um pouco de conhecimento em seu uso é possível criar qualquer coisa, o limite para qualquer objeto é a imaginação do desenvolvedor.

Quando o projeto estiver encerrado, será necessário enviar para o software da impressora e fazer os últimos ajustes nele. Lá é possível definir as dimensões, resolução e a espessura das camadas sobrepostas, quanto mais detalhes forem enviados para a impressora melhor será o resultado final.

Depois de todas as informações serem recebidas pela impressora ela fatia o objeto em centenas de camadas, assim inicia os trabalhos para a criação e o injetor de material dá todas as características necessárias para o projeto.

Impressora 3D

Preço da impressora 3D

O equipamento que era visto apenas em versões industriais já é fabricado em modelos menores que podem ser usados em casa, e uma pesquisa nos Estados Unidos mostrou que com apenas 1 ano de utilização já é possível recuperar o dinheiro investido, desde que venda os produtos criados.

Como tomou proporções tão grandes ela já pode ser encontrada no mercado brasileiro, esse produto custa R$ 6.690,00 e está disponível nas cores branca, azul, lilás e verde. Também é possível encontrar a matéria prima usada para a criação de objetos em ABS que é mais resistente, ou em PLA que é um material brilhoso. O material pode ser comprado por cerca de R$ 280,00 e tem 16 cores diferentes, incluindo algumas as que brilham no escuro.

Filamento

Impressora 3D vale a pena?

Para comprar uma impressora 3D e fazer com que ela valha a pena é necessário pensar nela como um investimento, ou seja, você precisa ter conhecimento na criação de objetos através dos programas tridimensionais. Se tiver essa habilidade poderá criar de tudo um pouco, e assim comercializar brinquedos, capas para celulares, canos, forros e qualquer outra coisa que sua imaginação conseguir desenvolver.

Assim que o interesse por elas aumentar será possível, assim como nos Estados Unidos, adquirir os projetos prontos na internet. Você poderá fazer download de modelos que lhe interessem e enviar diretamente para a impressora sem a necessidade de programas tridimensionais, com essa facilidade a impressora se torna ainda mais eficiente.

Criação impressora 3D

O modo como consumimos muitos produtos poderá mudar daqui para frente, todos poderão criar seus próprios objetos e não haverá limites para as impressoras 3D.

Veja como funciona e todas as funções da impressora 3D neste vídeo do Youtube:

Publicado em 28/08/2013 por Andre
Revisado em 28/08/2013

Tags: , ,

Mais informações por email


Comentar